Gás GNV & GLP Material Técnico

Projeto de Instalação Predial de Gás

A norma NBR14570:2000 fixa as condições mínimas exigíveis para o projeto e execução das instalações internas para operar com Gás Natural (GN) e Gás Liquefeito de Petróleo (GLP), na fase vapor, com pressão de trabalho máxima de 150 kPa1.

As instalações prediais de gás podem ser abastecidas tanto por canalização de rua como por uma central de gás, sendo o gás conduzido, através de um sistema de tubulações.
 
A Norma NBR14570:2000 não se aplica a instalações constituídas de um só aparelho de utilização, diretamente ligado, através de tubo flexível, a um único recipiente com capacidade volumétrica inferior a 32L e a instalações quando o processo for exclusivamente industrial.
 
As tubulações, após as suas instalações, devem ser estanques e desobstruídas. Deverá existir válvula de bloqueio manual em cada ponto que seja necessário para a segurança, a operação e a manutenção do sistema.
A tubulação não poderá ser considerada como um elemento estrutural e nem ser instalada no interior de qualquer estrutura. A tubulação não poderá passar por pontos que a sujeitem a tensões inerentes à estrutura da edificação.
 
 
O que é GLP?

O GLP, popularmente conhecido como “gás de cozinha” ou Gás LP, é uma mistura de hidrocarbonetos líquidos: o propano e o butano comercial. Pode ser obtido de duas formas: pelo refino do petróleo e pelo processamento do gás natural nas UPGNs (Unidades de Processamento de Gás Natural).

À temperatura ambiente e submetido à pressão na faixa de 3 a 15 kgf/cm2, o GLP se apresenta na forma líquida e é mais leve do que a água. Daí vem seu nome: Gás Liqüefeito de Petróleo.

No Brasil, sua maior utilização é no cozimento de alimentos e tem maior presença do que a energia elétrica, a água encanada e a rede de esgoto. Nos mercados desenvolvidos, o GLP é largamente utilizado em aplicações industriais, comerciais e agrícolas.

Composição Química

O propano comercial é fornecido granel e consiste, principalmente, em hidrocarbonetos contendo três átomos de carbono, expresso na fórmula química C3H8.

O que é GLP?

Já o butano comercial consiste em hidrocarbonetos contendo quatro átomos de carbono, principalmente n-butano e iso-butano: C4H10.

O que é GLP?

Como esses gases são inodoros, por uma medida de segurança é acrescentado o mercaptano, um composto à base de enxofre, fazendo com que qualquer vazamento seja detectado rapidamente. Por ser facilmente transportado, sem necessidade de gasodutos, o GLP chega onde você está.

Todo a indústria e o comércio, especialmente o voltado para o cozimento de alimentos, pode usar o GLP com muito mais eficiência, sem necessidade de um grande investimento. Por ser um combustível limpo, ele pode ser usado em contato direto com alimentos e artigos como cerâmica fina, sem nenhum prejuízo à pureza desses produtos.

O poder calorífico do GLP é muito superior ao de outras fontes energéticas, como o óleo diesel, o gás natural, a lenha e a energia elétrica.

Veja no gráfico o poder calorífico do GLP em relação às outras fontes de energia.

O poder para fazer mais

GLP é energia abundante, limpa e de baixo custo...(Veja mais em: http://www.glpgas.com.br)

O que é GNV?

O GNV (gás natural)  é, como o próprio nome indica uma substância em estado gasoso nas condições ambiente de temperatura e pressão. Por seu estado gasoso e suas características físico químicas naturais, qualquer processamento desta substância, seja compressão, expansão, evaporação, variação de temperatura, liquefação ou transporte exigirá um tratamento termodinâmico como qualquer outro gás.

Apresentamos a seguir as características do gás natural que permitem a compreensão sob o enfoque da sua condição de substância no estado gasoso. O gás natural é encontrado em reservatórios subterrâneos em muitos lugares do planeta, tanto em terra quanto no mar, tal qual o petróleo, sendo considerável o número de reservatórios que contém gás natural associado ao petróleo. Nestes casos, o gás recebe a designação de gás natural associado. Quando o reservatório contém pouca ou nenhuma quantidade de petróleo o gás natural é dito não associado.... (Veja mais em: http://www.gasnet.com.br)

Veja abaixo material técnico para dimensionamento de uma central de Gás:

Até +!

16 thoughts on “Projeto de Instalação Predial de Gás”

  1. Ola!
    Atualmente trabalho em manutenção de equipamentos para gastronomia e gostaria de saber onde posso encontrar cursos de qualificação na area de instalação de redes de glp.

  2. Olá sou graduado em Engenharia Industrial Mecânia e atualmete responsável técnico da empresa TECNI GÁS DE Toledo Pr esta executa instalações prediais de gás.
    Estou agradecido pela oportunidade de verificar o texto do Projeto de Instação Predial de Gás.
    O que eu procuro è um arquivo sobre o comportamento do gás GLP e ou GN no interior da tubulação em suas diversas temperaturas ou seja normais ou mais elevadas.

    Sucesso em suas ativiades

    Felisberto CRA-PR 17676/D

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.